Phone
(11) 5561-5241 / 5531-0726

O Viagra não funcionou! Mas será que você tomou corretamente?!


May 21, 2017
thumb image

Caso você esteja usando medicamentos para disfunção erétil (DE) e não tem  funcionado, não significa necessariamente que não deu certo ou que você está sem sorte. Muitos homens que não respondem aos remédios para DE estão utilizando-nos incorretamente, segundo recente pesquisa.

Neste estudo, 69% dos indivíduos que relataram persistência dos  problemas mesmo após tomar medicamentos inibidores da PDE5, como Viagra, Cialis ou Levitra, estavam cometendo alguns erros quando ingeriam as pílulas.

Os pesquisadores ofereceram a estes pacientes um programa de “reeducação” para ajudá-los a entender melhor como eles deveriam usar os medicamentos. Dos que aceitaram, 77% passaram a ter bons resultados com as medicações.

E o que fazer para o Viagra funcionar?  Veja como otimizar o uso de medicamentos para DE:

1. Não espere um milagre.

A maioria dos homens sabe que esses remédios não farão mágica. Ainda assim, 3% por cento dos homens relatam não estar recebendo estímulo sexual suficiente quando usam as medicações.

Quando você chegar sexualmente excitado, seu cérebro envia um sinal através dos nervos para o seu pênis. Isso libera uma substância química no músculo do pênis, o que, em seguida, desencadeia a produção de um outro produto químico, e então os remédios para DE poderão trabalhar. Sem excitação, sem química.

2. Tome  mais do que o mínimo.

A menos que você tenha atingido a dosagem máxima, não assuma que os remédios para DE não irão funcionar para você, um erro compartilhado por 31% dos homens.

Pode ser tentador começar com a menor dose, mas na realidade pode não ser o suficiente para tratar o problema. E isso pode frustrar.

Exceção: Se você tiver outros problemas de saúde, como hipertensão, diabetes ou colesterol alto, o seu médico irá provavelmente começar com uma dose mais baixa para certificar de que você pode tolerar a medicação. Caso contrário, vale começar com dose mais alta e depois reduzir.

3. Não coma antes de ingerir a pílula.

Se você teve um grande jantar, a brincadeira pode ser comprometida. Mais de 20% dos homens cometem este erro, de ingerir Viagra ou Levitra muito cedo depois de comer.

Isso é um grande problema. Estes dois medicamentos funcionam melhor com o estômago vazio, por isso você precisa esperar pelo menos 2 a 3 horas após uma refeição completa para utilizá-los. Caso contrario, apenas metade da medicação será absorvida. Contudo, isto só é verdade para o Viagra ou Levitra. O Cialis, por outro lado, não apresenta qualquer restrição em relação à alimentação.

4. Espere um pouco para ter relações sexuais.

Você pode estar ansioso, mas realmente vale esperar. Cerca de 17% dos homens iniciam o sexo muito cedo depois de ingerir a pílula. Deve-se esperar pelo menos 1 hora após ingerir Viagra ou Levitra, e entre 2 e 3 horas para o Cialis. Estes são os momentos de efeito máximo. No entanto, podem haver efeitos passados 15 minutos, ou mesmo 12 horas após. Mas antes de brincar com o tempo é importante saber que a medicação funciona!

5. Teste o medicamento várias vezes.

Não funcionar no primeiro teste não significa falha. Cerca de 33% dos homens desanimam apos a primeira tentativa mal sucedida. A recomendação é de se testar pelo menos seis vezes a medicação antes de considerar-se a falha deste tratamento.

6. Teste mais de um medicamento.

Se você não obteve resposta com uma droga, você pode e deve tentar com outra. E justamente esta é uma das falhas mais comuns. Cerca de 40% dos homens que nao se adaptam a uma medicação, não testam outra.

É razoável supor que uma mudança irá beneficiar alguns homens, e é importante esgotar todas as opções de inibidores de PDE5, antes de passar para a próxima linha de tratamento (como as injeções no pênis).